18 fevereiro 2018

Perdoar é esquecer?


Hoje veio lhes falar sobre algo que esta cada vez mais escasso em nossa sociedade. Algo que não é simples de se fazer, mas que pode nos livrar de um peso enorme! Esse é algo é nada mais, nada menos que: P E R D Ã O!
Não estou falando sobre você perdoar aquela briguinha com sua irmã/irmão. Não estou falando sobre perdoar aquela mensagem não respondida no whatsapp. O perdão a qual me refiro é aquele nu e cru! Aquele que te arranca um peso tão grande do peito, que a sensação de estar mais leve é quase instantânea!
E por quê estou falando disso? Simplesmente para te mostrar que perdoar é totalmente diferente de esquecer!
Quando falamos em perdão, as pessoas já colocam o carro na frente dos bois e dizem que traição não tem perdão. Que um pai/mãe não aceitar um filho é imperdoável. E por aí vai... Pois bem, eu digo que tudo tem perdão sim, mas que nem tudo é esquecido, porquê perdão também é aprendizado!
Quando não perdoamos alguém ou algo que nos foi acontecido, ficamos martelando a situação na cabeça, carregando para cima e para baixa a energia negativa de não perdoar uma pessoa. Nós acabamos desejando que aquela pessoa sofra o que sofremos para que ela não cometa tal erro novamente. A nossa índole, que em algum momento foi ferida e desonrada, acaba sendo motivo de uma vingança qualquer. E tudo isso para que? Para nada alem de ter a sua própria consciência presa a um loop de negatividade, ter a sua própria vida empacada em um erro que não foi seu e carregando um peso que também não é seu! Mas é como eu disse, perdoar não significa que você deva esquecer o que lhe aconteceu. Perdoar é também uma oportunidade de você aprender com aquilo para que você mesma não cometa o mesmo erro. É uma oportunidade de você aprender a observar mais as pessoas e entender em quem podes confiar ou não. Perdoar é você tirar dos seus ombros um peso que você não deve carregar por ai...
Por mais que soe fácil tudo isso que lhe falei até aqui, saiba que o perdão, aquele nu e cru a qual estou me referindo, não é fácil de alcançar. Não é fácil você perdoar aquela traição. Não é fácil perdoar aquele pai ou mãe que não lhe demonstra afeto ou amor. Não é fácil. Mas não é impossível. Quer saber como podes começar a praticar isso? Querendo do fundo da sua alma, que esse sofrimento que você está carregando ai no peito, esse mesmo disfarçado de sorriso, esse disfarçado de "nada me derruba", esse disfarçado de  "não quero nada sério"...Deseje nesse momento se livrar disso. Feche teus olhos e imagine todo esse "não perdoo" que você tem carregado mundo a fora, saindo do seu corpo junto com sua respiração. Fale para si mesma o quão capaz de perdoar você é. Faça  essa auto afirmação por que você é capaz de perdoar sim, só ainda não descobriu isso. Não descobriu que é capaz de entender que as pessoas erram e são falhas, e que justamente por isso não ser culpa sua, você perdoa essa falha. Não descobriu ainda que perdoarr é libertador de uma forma inacreditável! 
Pratique o ato do perdão, e liberte a si mesma do lugar de onde você se prendeu por não ter conseguido descobrir do que é capaz.
Namaste!

Instagram@_meelcr


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Topo
© ATRÁS DA PENTEADEIRA - 2018°
Criado por: AP DESIGN.
Tecnologia do Blogger.
imagem-logo